18/07/2015

Chata do Metrô

Eu não vou ficar aqui filosofando sobre a vida e tentar falar sobre se sentir bem e essa coisa toda que eu costumo fazer aqui. Eu tô Putaaaaa da vida, pode falar puta no As Besteiras?! PODE!




Eu sou educada, eu respeito as pessoas, eu sou um ser humano decente. Mas que caramba! As pessoas são idiotas às vezes! Eu estava fazendo a baldeação entre a linha amarela e a verde do metrô. Eu sou paulistana. Eu ando rápido e as pessoas andam devagar!! Tudo bem, eu sigo meu caminho zigzagueando entre as pessoas sem esbarrar em ninguém, eu não empurro, eu não xingo, mesmo que às vezes eu tenha vontade de gritar na orelha dela "TA DORMINDOOOOO?!?!?!?!" Mas nãoooo, como eu disse sou muito educada! E também tenho noção. Tem dias que as pessoas estão com mais pressa do que eu, nesses dias eu deixo elas me passarem, libero o caminho, abraço minha mochila para nao atrapalhar ninguém.

Hoje, no meu percurso de baldeação tinha uma menina no mesmo ritmo que eu, bem apressadinha. Por duas vezes eu deixei ela entrar na minha frente para ela conseguir manter o passo acelerado, mas quase chegando na linha verde, eu ainda estava acelerada e eu acho que ela tinha cansado (o caminho entre a linha amarela e verde do metro é um pouco longo) eu tentei entrar na frente dela e ela esticou a bolsa dela para me atrapalhar! Não me incomodei, sabia que estava bem a frente dela, achei que eu tinha entendido errado e continuei tentar entrar na frente. Acredita que ela soltou um "ê laia" pra mim?!?! "Ê laia"?!?!?!  Na hora eu parei no meio da muvuca das pessoas andando olhei bem feio pra cara dela (que batia no meu pescoço - obrigada pela altura pai!) e falei "eu te deixei passar 2 vezes e você está me enchendo o saco?" Juro! Ela ficou branca. Não sei se com medo,  com arrependimento ou com vergonha, mas não é para deixar a pessoa puta da vida?! Que que custa?!?! Eu não iria atrapalhar ela. Tanto que eu fui embora e ela ficou lá atrás, cansada.

Ah puxa vida! As pessoas não conseguem fazer as coisas e não querem que você faça! Qual o problema em liberar a passagem se ela não estava dando conta de andar rápido? Eu to falando de um caso besta, mas já reparou no tanto de gente que tenta te desanimar de alguma coisa quando elas mesmas nao são capazes ou não tem a chance de fazer?! (pronto comecei a filosofar... Tava demorando).

Leia os próximos paragrafos com vozinha de gente chata:

"Ah...mas você vai tentar concurso público?!?! Tem que estudar, hein?!"
"Ah... Mas você vai fazer faculdade de arqueologia de dinossauros silvestres rastejantes?!?! Mas esse ramo é difícil.... Como vc vai se manter?!?!"
"Ah.... Mas vc vai gastar todo esse dinheiro?! Viajar pro nordeste nem é tão legal assim... Não eh tão bonito quanto falam não! Você vai gastar dinheiro a toa."

Quer saber?!?! Eu estou cansada de gente assim na minha vida! Que se danem todos vocês! Puxadores de tapetes alheios, invejosos de plantão, empacadores de corredor de metrô. 

Hoje eu não vou pedir para você comentar sobre se você ja passou por isso. Vou pedir para você comentar abrindo seu coração. Se você alguma vez já sentiu seu tapete sendo puxado ou se já colocaram areia no seu pudim, deixe o seu desprezo para essa pessoa! Liberte-se!!!

24 comentários:
  1. JUjuuuu
    que menininha tonta!
    Encontro muitas véinhas (ok, elas não são tão velhas, mas parece gente que paga de super idosa do universo) e aí ficam atrapalhando pra entrar, sendo que, por exemplo, eu poderia sentar e ler meu livro, mas elas lerdearam tanto que eu vou ter que ir amassada entre os tantos outros passageiros. Mas sim, eu já senti que tinha gente querendo colocar areia no meu pudim (aliás, adorei esse termo!) e a gente acaba superando e dando a volta por cima :D

    aah poxa vida kkkk eu quero confeteeee uhul, de chocolate de preferência heheheheh
    adorei! obrigada linda :D

    Um beijo!
    Pâm - www.interruptedreamer.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Juju!!

    Menina, primeiro me conte: o que significa "ê, laia"? É sério! Eu nunca ouvi ninguém falando isso! é uma coisa de SP? Não me ache burra, por favor! hahahaha

    E sim, Ju, MUITA gente (da familiá, até) já tento ( e às vezes ainda tenta) colocar areia no meu pudim! hahaha

    Como você sabe, meu namorado é alemão, e olha, se eu fosse te contar as vezes que escutei "Nossa, mas a Alemanha é tão longe, né? Como vai ser?", "Você deve confiar muito nele né?", "Não tem medo que ele te traia?", "Não sei como você aguenta isso!", etc, etc, etc!

    As pessoas são muito mesquinhas e cago e ando pra elas! ahahahahahaha

    Beijo - Meu Epílogo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Ê laia" é uma especie de exclamação de frustração do pessoal daqui de Sampa...
      Não sou a Ju e quero que ela me corrija se eu estiver errado. Ou brigue comigo se eu tiver respondido sem a permissão dela. Desculpa Juliana. XP

      Excluir
  3. Auuuunw. eu amei o post.Amei o desabafo,. ahahahahaha. é bom fazer isso de vez em quando né?
    Eu sei bem como é.No busão não é muito diferente, na verdade..mas não adianta, as pessoas são o que são :(


    Ei, fiquei feliz que tenha gostado do meu post sobre relacionamentos *_*
    Eu vou postar mais coisas mais ou menos nesse estilo,. ahahahah ^^


    beeijos :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu fico muito puta quando isso acontece. Aqui em ssa, isso ocorre direto no centro. Pense no nervoso?

    Beijos
    www.amorascomclasse.com

    ResponderExcluir
  5. Vi minha vida sendo contada, odeio fazer baldeação nessa linha! Sério, coisa chata pra cassete. Trabalho na Vila Madalena, então quase nunca faço esse caminho, mas nossa me tira do sério. Uma vez vi duas amigas andando rápido como eu na travessia do terminal bandeira para a República (ou Anhamgabaú? não lembro), sei que vi elas e uma foi na minha frente e tentei deixar a outra passar e a menina começou a me chamar de lerda e eu só queria dar a vez, fiquei p* da vida, ninguém merece!
    Eu nem ligo mais para o que as pessoas falam/pensam de mim, só eu pago minhas contas.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  6. r: as esculturas do Mueck também são espectaculares!
    Se há coisa que aprendi nos transportes públicos foi deixar de ser bem educada. Não vale a pena. Nem com os novos nem com os velhos. São todos iguais. Só estão felizes a complicar a vida dos outros. Irrita-me profundamente, sobretudo no metro quando a pressa é muita!

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Eu sou atendente de McDonald's - motivo suficiente pra ouvir diversos comentários sobre "escravidão", "pouco salário", etc e tal -, daí que lá é um lugar que não pára funcionário. Tem uns que ficam três meses, seis, poucos ficam mais de um ano e eu estou há nove meses. Há poucas semanas consegui fazer e passar a tão sonhada prova de Treinador - um cargo acima de atendente - e desde então já ouvi diversos burburinhos e comentários da minha "não-capacidade", acontece que quando a gente tem auto-estima, somos capazes de mover montanhas, eu sei que sou capaz, eu sei que chego lá, e ninguém do mundo vai me derrubar.

    Beijos, Sel | Quinta Gaveta ♥

    ResponderExcluir
  8. Jujuba.... mais um post perfeito!
    Eu sou igualzinha você, e acho que o mundo está precisando de mais respeito.
    Odeio com todas as minhas forças pessoas que ficam pesando na orelha, prestando atenção na nossa vida.
    PQP, vai lavar uma louça, esfregar uma privada, mas NÃO ENCHE O SACO!
    E depois que tive filho, isso piorou imensamente. Eu juro por Deus que estou tentando me acalmar e manter a cara de paisagem, mas tem hora que não dá, é muita falta de noção.
    E no trânsito???? Falta de respeito, educação, pensar no próximo.
    Olha, uma coisa eu digo que me fortalece: saber que a semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.
    E que se dane. Cada um que colha o que plantar!!

    Aiii que delícia de desabafo hahahaha

    Beijos

    Meu Meio Devaneio

    ResponderExcluir
  9. As pessoas são idiotas ás vezes?! SEMPRE
    Que revolta.. eu nem sei o que eu faria se eu tivesse no seu lugar

    ResponderExcluir
  10. Hahaha sou como você, acelerada.
    Ainda que essa menina tava andando rapido (mesmo não dando conta mais) o pior é quando um lerdo fica te bloqueando sendo q ele tá andando quase se arrastando.
    Kisses

    ResponderExcluir
  11. Pessoas recalcadas estão cheias por aí. Tem algumas que desprezam o meu blog e o meu trabalho de jornalista. Que elas possam ser sucedidas no que fazem também. Beijinho no ombro pra elas!
    Boa semana.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  12. Juuuliana! Te compreendo perfeitamente!
    Sou de Guarulhos, mas enfrento o metrô de Sampa todos os dias e o que tem de gentinha sem noção, folgada e mau educada...só por Deus!
    Além de não suportar gente que fica "mongando", nas ruas e no metrô, uma coisa que me deixa louca são as pessoas que não respeitam o lado da escada rolante!
    Uma vez, eu super apressada (como sempre), fui subir as escada rolante no metrô santana, respeitando o lado que eu deveria estar "o lado esquerdo". Maaas, uma mulher estava neste mesmo lado, parada, e então me desviei só encostando nela. Acredita que a mulher começou a armar o barraco! Começo a falar que escada rolante não é para "andar", me xingou e tudo o mais. E eu, sem saco para isso, mandei ela aprender a ler, e que ela estava errada. >< Esse foi o momento em que botei pra fora o que sempre fica martelando na minha cabeça toda vez que pegava a escada rolante.
    Fora isso tem any outros momentos que me deixam puta da vida, mas fico na minha até a pessoa abrir a boca pra falar alguma coisa.
    Essas pessoas só sabem reclamar em vez de fazer o que é certo e de forma educada.
    Mas, isso a gente não muda né...cada um tem que saber o que deve ou não saber.

    Beijo
    www.melissaonuma.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Juju!
    Só você mesmo para comentar lá, antes de eu aqui, paulistana ligeira.
    Olha eu tenho reparado dois defeitos na raça humana em geral.
    1) Tendencia a dificultar as coisas, tipo ao invés de falar "parabéns", as pessoas preferem dizer "coitado". Acho que se realizam assim.
    2) Levamos tudo ao pé da letra, acho que as pessoas em geral tem um ego muito frágil, sabe, ofendem-se muito fácil e é difícil saber se extrapolamos as vezes ou não.
    É por isso que perdi minha fé na humanidade, deixei de ligar e estou virando o Dr. Manhattan.
    bjos
    John Osterman oops
    LP

    ResponderExcluir
  14. Oi Juju,
    Já passei por situações chatas no metrô com direito a bolsada na cara e tudo.
    Infelizmente o que acontece é que tem gente sem noção no mundo. Mal amada, não quer ver ninguém feliz e cria boicotes para que os outros sejam infelizes também. Negócio é ignorar pessoas que te puxam para baixo
    Boa semana.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  15. Caramba cara que tenso isso hein. eu queria ter visto só a cara da mulher kkkkk mas também que manda. E foi melhor assim, pois se vocês se encontrarem ela não vai mais importunar ha, ha. E cara realmente o mais importante é se você está feliz não é mesmo?! Se isso te faz feliz. As pessoas ficam colocando defeito em tudo. Eu por querer psicologia, já disseram que vou cuidar de loucos. AH POR FAVOR NÉ... Não merecemos isso. Vontade de mandar essas pessoas irem lavar a bunda (e olha que eu faço isso, ás vezes).

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  16. Acho que nunca passei por situação parecida, ainda bem. Mas eu também odeio gente lerda andando na minha frente, vou pro curso todo dia de bike e tem vezes que eu consigo andar mais rapido que um carro, pior que pessoa lerda andando, é no transito, coisa insuportavel!
    http://corujasemasas.blogspot.com.br/
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  17. eu me irrito com os idosos e os assentos preferenciais que eles acham que é direito só deles. Outro dia, peguei um onibus com o Flavio (coisa rara, já que a gente ta sempre de carro) e sentei num banco preferencial, na frente.
    Entrou no onibus uma mulher (que pra mim nem era tão velha) e ficou encostada em mim (eu sentada e ela enfiando a pança no meu braço, sabe?), olhando feio, olhando pros lados, bufando. E eu lá, tranquila, com a minha barriga de quase 8 meses na época. Aí a desgramenta teve a coragem de reclamar com o cobrador que eu não levantava pra ela se sentar... E, graças ao Cosmos, o cobrador respondeu "é, senhora, gestante também tem direito, né?". A mulher ficou sem graça, fingiu que o celular tocou e se afastou pra "atender"...
    Tem mais é que mandar todo mundo à merda mesmo!

    ResponderExcluir
  18. Juju, eu sou "a guria com um grande potencial de exatas e cheia das medalhas em olimpíadas científicas que quer fazer Jornalismo", ou seja, já to acostumadíssima com as pessoas (inclusive meus próprios pais) puxando meus tapetes, dizendo que é desperdício de inteligencia e que não vou conseguir. Mas quer saber de uma coisa? Enquanto eu me chamar Augusta, eu vou seguir meus sonhos e não é qualquer um que vai me parar!

    P.S.: Adorei a reflexão!

    Beijão, Guta! ♥
    www.opinada.com

    ResponderExcluir
  19. SP tem muita gente complicada mesmo!
    Nem gosto de metro por causa desses alvoroços.. prefiro evitar a fadiga dessa gente sem noção. Apesar de muitas vezes pensar que estas pessoas que não dão vez pra ninguém, podem estar cheias de problemas e com a cabeça cheia que não conseguem enxergar o espaço do próximo...
    bom, sei lá... eu nunca fui de tirar o espaço de ninguém e acho que problemas não são motivos para nos tornarmos mal educados... mas eu que já fui gestante e hoje tenho filho pequeno, sei bem o que é sofrer com a falta de educação e egoísmo do povo nesse SP desesperado e nesses transportes publicos.

    Bjus, Bjus amore!

    Aline Laitarte - http://www.bomboneca.blogspot.com
    Canal: http://goo.gl/dhAJL5

    ResponderExcluir
  20. No comentário lá no meu post você disse que posta as coisas do seu jeitinho, que seu blog é um blog pessoal. Fui visitar e comprovei! Blog também serve para desabafar, certo? Seguindo! Beijãão.

    mapasparamim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Esse mundo, está cheio de gente grosseira, gente sem ter o que fazer que fica descontando as frustrações da vida pessoal em quem não tem nada haver, fez bem em falar com a moça do metro, acho que ela deve ter ficado com medo mesmo, eu ficaria, hahaha.

    Já aconteceu comigo, tanta gente que fica se intrometendo nos problemas dos outros, quer viver minha vida? Vem, eu deixo tu pagar minhas contas e lidar com as consequencias das minhas decisões.

    Gabbs, xoxo
    http://www.gabbisandi.com

    ResponderExcluir
  22. Sabe como a gente segue a vida? Cuidando da nossa própria e que se danem os outros... porque a humanidade está perdida mesmo!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Me-ni-na! Amei, se libertar é sempre bom e pode falar mesmo caramba? Pode dizer foda-se aqui? kkkk porque da muita vontade de fazer isso com muita gente: Dizer foda-se!

    Sou calma, sim! Sei que minha cidade é histórica, mas por causa das mineradoras, vêm crescendo nos últimos anos e mais jovens vem vindo também, os mais velhos X novos entram em competição por aí. A cidade mudou mas tem pessoas que não mudam nunca! Ai entra o ditado os incomodados que se mudem, mas é ai, que tudo empaca porque ambos ficamos assim!!!
    Sim! Já ocorreu de carro não parar de passar e me diga, para que serve a calçada? É seguro passar nela, certo? Mas e quando recebe uma "puxada" de orelha do guardinha porque passou na beirada da calçada pelo simples motivos de ter senhoritas, senhoras e até casais no amasso na calçada? E pior, que não gostam e estão nem ai para escutarem um -LICENÇA e arredar?
    O que eu digo é que falta respeito, falta de vergonha na cara e o que eu faço é simplesmente respirar e inspirar e não é somente na rua, a falta de respeito esta até mesmo dentro do ônibus (a chateação começa quando acordo e sei que passarei um dia estressante e com pessoas!!!) o mal do século 21, o estresse não vêm somente da pressão no trabalho, do dia-a-dia, do tempo, até mesmo do local, mas porque ninguém faz por onde para mostrar pelo menos um mínino de educação? Se todos fizessem isso ia dar bem mais certo.
    Enfim, amei o post, falou muito e desculpe, tive que soltar já que deixou as leitoras libertarem kkkk.
    O MUNDO PRECISA DE MAIS RESPEITO, MAIS AMOR!

    ResponderExcluir

Me conte suas besteiras também!!

Ou conte coisas sérias... ou deixe sua receita de bolo de chocolate ou faça uma piada.. aqui o espaço é seu!! Use com amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...