25/06/2015

Mudança de Sobrenome

Uma das coisas que eu mais tive dúvidas e fui questionada quando estava para casar, era sobre se eu mudaria meu nome. Se colocaria, ou não, o sobrenome do meu marido.

Fonte


Óbvio que ninguém perguntou para ele se ele colocaria o meu sobrenome, mas tudo bem! O mundo é machista e não é sobre isso que eu quero falar.

Eu tive muitas dúvidas com relação a alteração no nome. As mais velhas diziam "tem que colocar", já as mais novas eram contra "imagina... logico que não precisa mudar."

E nessa eu tive que levantar meus próprios pontos e decidir sozinha. Sim... Porque, graças a deus, meu marido não é nenhum troglodita que pitacou sobre isso.

Pontos que eu pensei:
  • Meu nome é curto e eu amo isso;
  • Eu me reconheço como Juliana Bittar e pronto;
  • Casamento não tem nada a ver com sobrenomes;
  • Amor muito menos!


Estava quase optando por não alterar nada, mas aí, no meio dos pensamentos me veio uma lembrança da JuJu pequenininha. 

Uma das coisas que eu mais gostava na minha família e naquela época eu não entendia nada, achava quase uma coincidência milagrosa que eu, meu pai e minha mãe tivéssemos o mesmo sobrenome. Aquilo era a maior prova para eu achar que éramos uma coisa só. Então, pensando que a gente casa porque pretende ficar juntos a vida inteira e pensando no meu futuro filho, eu mudei meu nome. Juliana Bittar Barros, claro que ainda me identifico como Juliana Bittar e assino como quando era solteira. Mas no documento está lá... O mesmo sobrenome do meu marido e o sobrenome que meu filho vai ter. Espero realmente que faça diferença para ele, assim como fazia para mim.

Me arrependi?


Talvez um pouco na hora de trocar os documentos, o que é realmente muito chato! Mas é tão rápido, que já esqueci. Ainda me confundo um pouco quando estou esperando o médico me chamar na sala de espera e ele solta um "Juliana Barros" uns segundos passam e "Opa! Sou eu!"

Mas tenho certeza que ainda há muito tempo pra me acostumar! Se a ideia é ficar juntos para sempre... Mudei.


E vocês meninas, já pensaram sobre isso? Conhecem alguém que não mudou ou um homem que tenha colocado o sobrenome da mulher?
17 comentários:
  1. Não posso comentar sobre casamento, não tenho opinião formada, tão pouco tenho qualquer ideia a respeito! Acho a representação figurativa uma coisa linda, mas não sei se é pra mim, anyway... Acho que o que importa não é seguir o que manda a sociedade ligitiosa. Se para você tinha/tem um significado especial ficar com o sobrenome, então que seja.
    Sobre o comentário, então. Lá no pega a pipoca do stardust vc disse: "Quero assistir... será que acho no netflix?"
    O que eu quis dizer é: Duvido um bocado o netflix não ter algum filme, qualquer que seja.
    Depois eu te cobrei se você assistiu Lucy.
    Por fim aquela ideia me surgiu devido a necessidade de conversar com alguem que tenha lido e assistido Garota Exemplar...
    Eh nois maninha, um bjo e um forte abraço!
    PS: espero não ter dito nada desrespeitoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHHHH!!! ahuahauhau Desculpa a confusão LP... agora que eu entendi! Acredita que eu ainda não assisti Lucy... affff!!! rsrsrsrs

      Excluir
  2. Ainda tenho 15 anos e pego de experiência o casamento dos meus pais, a minha mãe não mudou e elas ficou satisfeita com isso e meu pai também não exigiu que ela tivesse o mesmo sobrenome que ele. Tenho o sobrenome dos dois mas tenho uma coisinha com o meu sobrenome que herdei da minha mãe, assino com ele em praticamente tudo, agora o do meu pai deixo um pouquinho de lado, admito. Acho o sobrenome da minha mãe lindo, mas em compensação acho o do meu pai bastante comum. Gostei bastante do motivo pelo qual você decidiu colocar o nome do seu marido, e isso de certa forma tem um significado, sério, achei bastante fofo! (:

    http://makingcolorfilm.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já pensei sobre isso e também tenho vontade de colocar o nome do meu marido pelo mesmo motivo que o seu, meus filhos, eu acho lindo a família com o mesmo nome sabe, apesar do meu nome ser enorme, tenho certeza que vou mudar. :)
    http://corujasemasas.blogspot.com.br/
    Beijos! <3

    ResponderExcluir
  4. Oi, Juu

    Menina, eu sofro chantagem por causa disso, sabia? Vou explicar...minha mãe não quer que eu tire o Dias do meu nome! hahahaha
    Meu nome é Tamires Dias Marins, e sim, eu gostaria de mudar meu nome exatamente pelo mesmo motivo que levou você a mudar o seu! Pensei na minha família, minha mesmo, minha e do Benedikt! Essa seria nossa identidade...então meu nome mudaria para Tamires Marins Rittner! Minha mãe quase teve um treco, falou que eu vou tirar o nome dela, que o nome dela vai ser esquecido! hahahahahah
    Foi numa dessas que ela convenceu minha irmã a não mudar! Minha irmã não tirou o Dias quando casou por causa dela! Só rindo, né? hahahahha

    Ju, eu sofri de crise existencial depois que li aquele livro! Sério mesmo...fiquei depressiva, não aceitava! Complicado, né? =/

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  5. Quanto tempo que não venho aqui! Ju, seu layout (não sei se faz muito tempo desde que vc o mudou hahaha) tá uma graça! Lindo de morrer!

    Sobre mudar o nome e adicionar o sobrenome do marido, olha... Sou daquelas que sai falando pra todo mundo que tá pra nascer a pessoa que vai me fazer mudar de sobrenome hahahahaha. Mas falando sério, isso que vc falou sobre formar uma família faz muito sentido! Têm todos esses problemas de sexismo com a sociedade mas, enquanto dentro de casa, vc e seu marido souberem que seus sobrenomes são iguais por amor e não por imposição, está tudo certo!
    Se eu casar um dia e me sentir motivada a mudar meu sobrenome por amor como você fez, com certeza o farei! Acho que a palavra certa pra tudo isso é permitir-se e fazer o que você realmente tem vontade.

    Preciso me atualizar com seu blog! Vou ficar devendo...
    Beijos!
    picturesandreams.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Não sei se mudaria meu sobrenome. Na verdade, não sei se mudaria algo por alguém. kkk

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, esse é um post que está pra ser publicado no meu blog, mudei meu nome e agora preciso atualizar meus documentos.

    ResponderExcluir
  8. Ju,
    Confesso que coloquei o sobrenome do meu marido, só pra tirar o “Santos” que eu não gostava hahaha. Aproveitei que o sobrenome dele era bonitinho (Porto) e decidi mudar! Mas, esse processo de trocar de nome é chatinho mesmo. Minha sorte é que na época eu não tinha muitos documentos pra mudar, o que me poupou tempo rs.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  9. Eu passei pela mesma dúvida hehhe e ainda sofri pressão da minha mãe para não tirar o 'Dibona' que é dela haha. Optei por não tirar nenhum e acrescentar o sobrenome do Flávio. Mas primeiro eu questionei ele, pra ver se ele colocaria o meu...hahaha e ele disse que sim, mas que teria que mudar o nome dos uniformes do quartel. Pronto! Passou no teste, mas acabei ficando com um nome gigantesco kkkk e demorei horrores pra acostumar também.

    ResponderExcluir
  10. Oi amore!!! Passei por algo meio diferente... Casei, acrescentei o nome do marido, troquei os documentos e 2 anos depois me separei e aí lá fui eu trocar os documentos tudo novamente hahaha... Hoje em dia já estou casada há 8 anos, mas não casei oficialmente e se fosse casar eu teria a mesma dúvida se colocaria ou não o nome do meu esposo!!!
    www.minhanegracor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Ju!! Eu ainda não casei, mas aqui em casa todas as minhas irmãs não alteraram o nome e sempre me questionam se eu farei isso, penso como você.. penso que a gente fica com alguém pensando no futuro e como eu quero ter filhos futuramente, pq não?? Eu tenho o sobrenome do meu pai, nada da minha mãe..

    E seu nome ficou lindo ^^

    ResponderExcluir
  12. Ainda estou longe dessa fase mas já pensei sobre isso. Confesso que a única coisa que me chateia é ter mais um nome ( já tenho cinco!!!). Acho a tua lembrança de infância super válida como argumento. É exactamente isso que sinto com a minha mãe e com a minha avó. Termos as três o mesmo apelido e um dos nomes próprios, dá-me uma sensação de unidade. De sermos só uma. Se essa sensação for tão boa num casamento, que seja. São só nomes. Nós continuamos cá!

    Isa,
    http://isamirtilo.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  13. Maneira sua visão, talvez eu pensasse diferente se o lance do sobrenome tivesse tido esse peso na minha infancia. Mas sei la, eu nunca trocaria.

    ResponderExcluir
  14. Oi Juju,
    Prazer enoooooooooooorme em te conhecer pessoalmente.
    Ainda não me casei, mas não teria em problemas em adotar o nome do meu marido. Não precisa ser uma regra, manteria meu sobrenome e acrescentaria o dele, só tiraria o Maria do meu segundo nome.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  15. Bem, todas as mulheres da minha família trocaram os nomes, não sei se por ser tradição rigorosa ou por costume mesmo. Mas eu trocaria sim, acho que é um dos pontos altos do casamento. Acho incrível, e como você disse, significa que eu quero estar com a pessoa pra sempre. Provavelmente pra seu filho significará a mesma coisa que pra maioria, pode crer.

    Beijos, Sel | Quinta Gaveta ♥

    ResponderExcluir
  16. ADVOGADO ESPECIALISTA EM ALTERAR NOMES
    Mudança de nomes, prenomes, sobrenomes pela via judicial

    -Substituição de Prenome Ridículo ou Constrangedor
    -Substituição de Sobrenome Ridículo ou Constrangedor
    -Alteração da Ordem de Prenomes e Sobrenomes
    -Alteração de Nomes com Homônimos ou Comuns
    -Alteração de Prenome e Sobrenome de Crianças
    -Alteração de Prenome Ambíguo ou Unissex
    -Alteração de Prenome Diminutivo ou Infantil
    -Alteração de Prenome de Transexual sem Cirurgia
    -Inclusão ou Exclusão do Sobrenome do Cônjuge
    -Inclusão de Sobrenome de Convivente em União Estável
    -Inclusão de Sobrenomes de Avós e Bisavós Falecidos
    -Inclusão de Sobrenome de Padrasto Madrasta a Enteado
    -Inclusão de Apelido Público e Notório ao Nome Civil


    FORMA DE PAGAMENTO:
    Somente no final do processo e somente em caso de êxito. Parcela única
    PRINCIPAIS DOCUMENTOS:
    CN, CC, RG e Certidões Negativas solicitadas pelo Juiz durante o processo
    DURAÇÃO DO PROCESSO:
    Pelos foruns de São Paulo a duração aproximada do processo é de 5 meses
    PROCESSO DIGITAL:
    O processo é digital e pode ser acompanhado pela net no site do TJ/SP

    DR. HERBERT CURVELO TURBUK
    Professor de Direito - Mestre em Direito - USP

    DRA. INGRID SCHROEDER SCHEFFEL
    Professora de Direito - Mestranda em Direito - USP

    CONTATO INICIAL PELO E-MAIL: hcturbuk@hotmail.com
    Informando:
    1) Nome completo atual 2) Nome completo pretendido 3) Cidade onde reside

    Ou telefone para 3458-5211 e deixe seu recado ou sua dúvida na secretária
    O motivo é que o Dr. Herbert é professor de Direito em horário comercial
    Preferencialmente inicie contato pelo e-mail hcturbuk@hotmail.com
    Rua Guaiaquil 198, Jardim América, São Paulo, SP (homeoffice)
    www.mudarnome.blogspot.com

    MAIS DE 900 PRENOMES E SOBRENOMES ALTERADOS ENTRE 1990-2015

    ResponderExcluir

Me conte suas besteiras também!!

Ou conte coisas sérias... ou deixe sua receita de bolo de chocolate ou faça uma piada.. aqui o espaço é seu!! Use com amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...